Nesta terça-feira, 28 de julho, é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais. A celebração da data tem como objetivo atrair a atenção para o tratamento e prevenção dessas doenças. Existem os seguintes tipos de Hepatite: A, B, C, D e E.

A doença pode causar a infecção crônica do fígado e possivelmente se tornar câncer na idade adulta. A inflamação pode ser causada pelo vírus da doença, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas.

Entre os sintomas da hepatite estão mal estar, dor abdominal, febre baixa, dor de cabeça. fadiga, vômitos e pele amarelada.

As hepatites virais B e C afetam 325 milhões de pessoas no mundo, causando 1,4 milhão mortes por ano. É a segunda maior causa de morte entre as doenças infecciosas depois da tuberculose, e 9 vezes mais pessoas são infectadas com hepatite do que com o HIV. A hepatite é evitável, tratável e, no caso da hepatite C, curável. No entanto, mais de 80% das pessoas que vivem com hepatite carecem de serviços de prevenção, testagem e tratamento.

Fonte: Ministério da Saúde